Connect with us

Ricos

Homens mais ricos do Brasil

Segundo a ONG Oxfam, os cinco homens mais ricos do Brasil possuem a riqueza equivalente á renda dos 50% mais pobres do país. Confira a fortuna de cada uma das pessoas mais ricas do Brasil, segundo a Forbes.

Publicado

em

Segundo a ONG Oxfam, os cinco homens mais ricos do Brasil possuem a riqueza equivalente á renda dos 50% mais pobres do país. Os bilionários, Jorge Paulo Lemann, Joseph Safra, Marcel Hermann Telles, Carlos Alberto Sicupira e Eduardo Saverin somam um patrimônio estimado em US$110,6 bilhões. Confira a fortuna de cada uma das pessoas mais ricas do Brasil, segundo a Forbes.

10° – Abilio dos Santos Diniz

Abilio dos Santos Diniz entre os homens mais ricos do brasil
Fortuna: US$ 3.5 bilhões
Estado: São Paulo
Fonte: Varejo (Carrefour e BRF)
Idade: 81 anos

Após vender sua participação no Grupo Pão de Açucar, este fundado por seu pai, Diniz adquiriu em torno de 10% da atuação da rede Carrefour no Brasil, Carrefour Global e BRF. Os investimentos são geridos pela holding Península Participações, fundado por Abilio, que também possui em seu portifólio o e-commmerce Wine.com.br, Rede de Padarias Benjamin, Anima Educação, Lojas de aeroporto DuFry AG e 62 imóveis alugados para os supermercados Pão de Açucar.

9° – Walter Moreira Salles Junior

Walter Moreira Salles Junior entre as pessoas mais ricas
Fortuna: US$ 5 bilhões
Estado: Rio de Janeiro
Fonte: Bancário (Itau-Unibanco)
Idade: 62 anos

Walter herdou parte grupo Itau-Unibanco após a morte de seu pai, o fundador do Unibanco. Apesar de ser um dos donos da maior instituição financeira privada do Brasil, Walter nunca gostou de atuar no setor. Ele é diretor e produtor de cinema com 17 filmes, incluindo Central do Brasil que lhe rendeu o premio de Globo de Ouro de Melhor Filme Estrangeiro em 1998. Ele e seus irmãos também possuem participações na CBMM, Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração.

8° – João Moreira Salles

Joao Moreira Salles entre as pessoas mais ricas do brasil
Fortuna: US$ 5 bilhões
Estado: Rio de Janeiro
Fonte: Bancário (Itau-Unibanco)
Idade: 56 anos

João nasceu em uma família de banqueiros mas optou por atuar em sua maior paixão, o cinema. Ele é documentarista, roteirista e produtor de cinema. Com seus 3 irmãos, João é herdeiro do Unibanco, hoje incorporado a Itau. Mas sua maior fortuna vem da mineradora CBMM.

7° – Fernando Roberto Moreira Salles

Fernando Roberto Moreira Salles entre os bilionarios mais ricos
Fortuna: US$ 5 bilhões
Estado: São Paulo
Fonte: Bancário (Itau-Unibanco)
Idade: 72 anos

Através da holding Cia E. Johnston, Fernando e seus 3 irmãos controlam 33,5% do Itau-Unibanco SA e 70% da CBMM, Cia Brasileira de Metalurgia e Mineração. Este segundo vale mais que a participação deles no Itaú. A mineradora é responsável pela produção de 85% do nióbio mundial, avaliada em pelo menos US$ 13 bilhões.
A família ainda controla a Companhia das Letras, maior editora de livros do Brasil.

6° – Pedro Moreira Salles

Pedro Moreira Salles entre os bilionarios mais ricos do brasil
Fortuna: US$ 5.1 bilhões
Estado: São Paulo
Fonte: Bancário (Itau-Unibanco)
Idade: 58 anos

Pedro é parte da família mais rica do Brasil, a Moreira Salles. Ele é um dos 4 irmãos herdeiros do Unibanco, que se associou ao Itaú em 2008. Atuante no meio bancário, ele é presidente do conselho Administrativo do Itaú.

5° – Eduardo Saverin

Eduardo Saverin entre os homens mais ricos do brasil
Fortuna: US$ 10.1 bilhões
Estado: São Paulo, mas mora em Cingapura.
Fonte: Facebook
Idade: 36 anos

Eduardo Saverin foi um dos co-fundadores do Facebook e com apenas 5% de participação, se destaca entre os brasileiros mais ricos do mundo. Ele distingue por ser o bilionário mais jovem dessa lista, e esbanja muita saúde para aproveitar dessa fortuna fora do Brasil. Longe do Facebook e dos Estados Unidos, ele vive em Cingapura desde 2009.
Se tornou um investidor de statups online, como a SilverCar de alugueis de carros online, Jumio de reconhecimento digital, CXA de marketplace de serviços de saúde, a AImotive, a Bright.md, a Ninja Van, a Capital Match e outras 20 empresas. Todos da área tecnológica digital.

4° – Carlos Alberto Sicupira

Carlos Alberto Sicupira entre os homens mais ricos do brasil
Fortuna: US$ 12 bilhões
Estado: Rio de Janeiro
Fonte: Cerveja (AB-Inbev)
Idade: 70 anos

Sicupira e seus 2 parceiros, Marcel Herrmann e Jorge Lemann, fundaram a holding 3G Capital. Através da holding, eles controlam participações na AB InBev (Cervejas), na Kraft Heinz (Alimentos), Burger King (Fast-Food), Tim Hortons (Fast-Food), Lojas Americanas (Varejo), B2W (e-commerce) e América Latina Logística.
Isoladamente, Sicupira também é investidor no fundo Dynamo, que gere diversos investimentos.

3° – Marcel Herrmann Telles

Marcel Herrmann Telles entre os homens mais ricos do brasil
Fortuna: US$ 14 bilhões
Estado: Rio de Janeiro
Fonte: Cerveja (AB-Inbev)
Idade: 68 anos

Através da corretora do Banco Garantia, Marcel conheceu os seus atuais sócios. Marcel faz parte do trio mais bem sucedido do Brasil. Junto com Jorge Lemann e Carlos Sucupira, gerem a holding 3G Capital.
Tudo começou com cerveja. Em 1989, Marcel comprou a cervejaria Brahma e se associou a Antartica para formar a AmBev, mais tarde se fundiu com Interbrew para formar a Inbev, a maior cervejaria do mundo.

2° – José Safra

jose safra o homem mais rico do brasil
Fortuna: US$ 23.5 bilhões
Estado: São Paulo
Fonte: Bancário (Banco Safra)
Idade: 79 anos

Joseph Safra (ou José, como gosta de ser chamado) é o banqueiro mais rico do mundo segundo a Forbes. Apesar de nascer no Líbano, ele possui nacionalidade brasileira e construiu sua vida e fortuna no Brasil. Ele fundou em 1955 o Banco Safra, o quarto maior banco do brasil em ativos totais. Um banco totalmente voltado para empresas e pessoas de alto poder aquisitivo.
O Grupo Safra ainda possui o Bank Sarasin, banco suíço adquirido em 2011, a Chiquita, um empresa produtora de bananas nos EUA, e um dos maiores edifícios de Londres, chamado de 30 St Mary Axe.

1° – Jorge Paulo Lemann

Jorge Paulo Lemann o homem mais rico do brasil
Fortuna: US$ 27.4 bilhões
Estado: Rio de Janeiro, mas mora em Zurique/Suíça.
Fonte: Cervejas (AB InBev)
Idade: 78 anos

Jorge é um investidor nato. Após a venda do banco Garantia em 1998, ele se juntou a Carlos Alberto Sucupira e Marcell Herrmann para fundar o fundo 3G Capital. Eles controlam a AB-InBev, sigla resultado da fusão das cervejarias Interbrew, AMBEV e SABMiller. Assim, formam a maior cervejaria do mundo, com marcas conhecidas como BudWeiser, Brahma, Corona, Skol, Antarctica e outras. O brasileiro também possui participações na Kraft Heinz, a quinta maior empresa de alimentos do mundo, em parceria com Warren Buffett e no Burger King, terceira maior operadora de fast food do mundo. Na web, ele controla a B2W, maior conglomerado de e-commerce do Brasil, com as marcas Lojas Americanas, Shoptime e Submarino.
Através de outros dois fundos de investimentos, Innova Capital e Gera Venture Capital, Lemann também investe em startups como Snapchat, PlayKids e iFood. Entre os homens mais ricos do mundo, ele aparece na 29° posição, segundo a Forbes.

Outros bilionários:

11 – Walter Faria, US$ 3.2 b, Cerveja (Grupo Petrópolis)
12 – Luis Frias, US$ 3 b, Pagamentos (PagSeguro)
13 – Ermirio Pereira de Moraes, US$ 2.7 b, Diversos (Votorantim)
14 – Jorge Moll Filho, US$ 2.6 b, Hospitais (Rede D’or)
15 – Maria Helena Moraes Scripilliti, US$2.6 b, Diversos (Votorantim)
16 – Aloysio de Andrade Faria, US$ 2.5 b, Bancário (Banco Alfa)
17 – José Roberto Marinho, US$ 2.5 b, Midia (Rede Globo)
18 – Roberto Irineu Marinho, US$ 2.5 b, Midia (Rede Globo)
19 – Carlos Sanchez, US$ 2.5 b, Medicamentos (EMS)
20 – Jose Luis Cutrale, US$ 2.4 b, Suco de laranja
21 – Alfredo Egydio Arruda Villela Filho, US$ 2.4 b, Bancário (Itau)
22 –Andre Esteves, US$ 2.4 b, Banco (BTG Pactual)
23 – João Roberto Marinho, US$ 2.4 b, Midia (Rede Globo)
24 – Nevaldo Rocha, US$ 2.4 b, Varejo (Riachuelo)
25 – Lia Maria Aguiar, US$ 2.2 b, Bancário (Bradesco)
26 – Dulce Pugliese de Godoy Bueno, US$ 2.2 b, Plano de Saúde (Amil)
27 – Ana Lucia de Mattos Barretto Villela, US$ 2.2 b, Bancário (Itau)
28 –Alexandre Grendene Bartelle, US$ 2.2 b, Calçados (Grendene)
29 – João Alves de Queiroz Filho, US$ 2 b, Alimento (Hypermarcas)
30 – Jayme Garfinkel, US$ 2 b, Seguros (Porto Seguro)

Clique para comentar

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popular